20 estratégias para aumentar as vendas de começo de ano

estratégia para aumentar as vendas

No começo do ano é essencial ter uma boa estratégia para aumentar vendas. Afinal, é um momento que tende a ser mais parado, uma vez que o Natal passou e grande parte das pessoas preferem aproveitar o período para organizar as finanças e as contas pendentes. 

A boa notícia é que, apesar de ser um momento de menos vendas, você pode criar estratégias e encontrar oportunidades para atrair clientes e manter um movimento estável na sua loja. 

Quer saber como vender mais no começo do ano? Continue a leitura e confira 19 dicas para aplicar no seu negócio.

1. Organize uma queima de estoque

É provável que você tenha disponíveis peças que sobraram do Natal e do ano-novo. Aproveite o baixo volume de vendas e esse estoque remanescente para fazer uma liquidação com esses produtos.

Ofereça descontos realmente atraentes e divulgue que são os últimos pares, influenciando a compra por urgência.

Não se esqueça de anunciar as promoções! Enfeite a vitrine com cartazes, indicando que a loja está com preços especiais, e divulgue em suas redes sociais as melhores ofertas para atrair os clientes.

Ofereça descontos atraentes por peças que sobraram do estoque de final de ano.

2. Ofereça descontos progressivos

O número de produtos vendidos pode ser outra forma de incrementar as vendas. Por isso, ofereça descontos progressivos: quanto maior a quantidade de itens, maior será o abatimento do valor final.

Esse costuma ser um ótimo gatilho para vendas, especialmente em clientes indecisos. Não se esqueça de deixar os descontos bem estabelecidos, e de firmar um limite para o desconto.

3. Venda produtos da estação

Não há forma melhor de atrair os clientes para a sua loja do que vendendo o que eles querem no momento que precisam. Uma tática infalível para melhorar as vendas é preparar o estoque com produtos da estação.

Se você é do ramo calçadista, por exemplo, tenha à disposição sapatos abertos, chinelos e outras opções para o verão. O mesmo vale para o vestuário: roupas mais frescas costumam atrair os clientes. 

4. Venda mais durante as trocas

Se sua loja vendeu muitos presentes durante o período de final de ano, é provável que alguns clientes retornem ao local para realizar trocas. Esse fluxo natural é uma excelente oportunidade para você aumentar suas vendas.

Sempre que um cliente for até o local buscando trocar um presente, fale sobre as promoções disponíveis e pergunte se ele não quer aproveitar os preços baixos para levar mais produtos para casa.

5. Programe sorteios

Que tal programar um sorteio como estratégia para aumentar as vendas? Ofereça cupons para os clientes que comprarem determinado valor ou um número de produtos. 

Como prêmio, a opção mais simples é oferecer vale compras da loja. Se preferir, você também pode disponibilizar itens duráveis, como eletrodomésticos, ou até experiências, como passagens, ingressos de cinema e sessões de massagem.

6. Invista em marketing

Falar sobre marketing pode parecer chover no molhado. Entretanto, muitos lojistas ainda não direcionam seus esforços a uma boa estratégia para atrair clientes, seja pelas redes sociais ou outros tipos de divulgação.

Comece alimentando Facebook e Instagram, anunciando as promoções com antecedência. Faça posts rápidos indicando o número de produtos e os descontos que serão ofertados. Além disso, publique fotos dos produtos mais atrativos como chamariz.

Use as redes sociais para divulgar produtos e promoções e atrair clientes.

Pelo WhatsApp, entre em contato com as pessoas cadastradas na loja. Envie mensagens com algumas das promoções que encontrarão no seu negócio, e convide-os para visitar o local. Lembre-se de não fazer spam, ou você poderá perder os clientes.

Não desconsidere a relevância regional do seu negócio. Utilize meios de divulgação como rádio, panfletos e carros de som que chamem a atenção do público local para a loja.

O e-mail marketing também pode ser uma excelente forma de atração. Utilize a base de clientes cadastrados e anuncie as promoções, e se possível, um desconto exclusivo para quem receber essa mensagem. Nunca compre listas com endereços de e-mail, pois isso é contra a lei e pode gerar muitos problemas!

7. Use as redes sociais para vender mais

Além de serem excelentes canais para criar conteúdos e estreitar laços com o seu público, as redes sociais podem ser usadas como aliadas para quem quer vender online. Não há desculpas para não explorar essas ferramentas, especialmente porque, cada vez mais, as empresas desenvolvedoras focam em criar funcionalidades para negócios. 

Aliás, muitas lojas trabalham apenas com vendas por redes sociais, especialmente pequenos empreendimentos que não precisam, necessariamente, de uma grande estrutura — como um site — para vender produtos. 

Para aproveitar melhor essa oportunidade, a dica de ouro é buscar estudar as funcionalidades das redes sociais que são importantes para o seu comércio. Procure explorar o que o WhatsApp tem para você, assim como o Instagram e o Facebook, ambas bastante consolidadas para vendas online. 

Lembre-se que só será possível se, em cada rede social, você criar um perfil para negócios. A conta comum não disponibiliza as funcionalidades que estão aptas para quem quer posicionar-se profissionalmente.

8. Vá para o marketplace

Você já ouviu falar de marketplace? Temos a certeza que, mesmo não conhecendo o termo, provavelmente já comprou algo em um. Mercado Livre, Submarino e Shopee são bons exemplos desse tipo de negócio. 

Basicamente, os marketplaces são plataformas que unem diversos tipos de lojas, de diferentes segmentos. É como um shopping, mas virtual. 

Algumas das vantagens de estar nesses espaços é contar com sites que já têm a própria estrutura, ter boas chances de ser encontrado e alcançar mais público do que você conseguiria com a loja física.

Mulher sentada no chão com caixas de sapato por perto
Começar as vendas em janeiro no marketplace pode ser essencial para que novos clientes encontrem a sua loja.

Para se aprofundar mais na temática marketplace, indicamos a leitura de conteúdos do nosso blog que irão te ajudar a dar os primeiros passos nesse universo:

É importante ressaltar que desde o início da pandemia, as vendas onlines no Brasil (e no mundo, diga-se de passagem) vivenciam um crescimento que, inclusive, fez com que o Brasil entrasse no ranking dos dez países onde o varejo digital cresce

9. Capriche na vitrine

Para o comércio, não há nada que chame mais a atenção que uma boa vitrine, desde a organização e disposição dos produtos, à decoração adicional e aos indicativos de promoções.

Portanto, capriche nesse tópico! Deixe os produtos bem à mostra como convite para os pedestres. Para decorar, utilize objetos da estação, indicando que a loja está em clima de verão, e que os clientes poderão encontrar itens desse tipo no interior.

Utilize a vitrine como convite para os pedestres entrarem em sua loja.

Quanto aos letreiros, não é necessário poluir o visual, mas deixe os descontos bem aparentes, assim como o indicativo de que as pessoas poderão encontrar bons produtos a ótimos preços no interior da loja. 

10. Treine bem a equipe

Este é outro conselho que sempre aparece para o varejo, e é essencial que seja seguido. Ter uma equipe de vendas bem preparada para atender os clientes pode aumentar consideravelmente suas vendas. 

Ao contrário do fim do ano, em que os vendedores terão que lidar com um grande volume de pessoas, aqui é provável que não haja um fluxo tão intenso. Portanto, o atendimento individual pode ser o fator decisivo para a compra.

Converse com os colaboradores explicando como deve ser a abordagem. Para motivá-los, esclareça sobre as intenções da loja para o ano, bem como as metas e planejamento, e procure incluí-los nessa programação.

11. Trace metas para o ano todo

No início do ano, é muito comum que as pessoas tracem metas pessoais e profissionais, tendo em mente o que querem para esse novo período. Replique essa ideia para o seu negócio, traçando um planejamento detalhado e projeções de crescimento e faturamento.

Leve em consideração seus números atuais, a sazonalidade do mercado e as possibilidades de crescimento. Se você se planejar de maneira organizada, é provável que tenha resultados nos primeiros meses.

12. Mantenha-se atualizado às tendências

Um novo ano sempre traz novidades, seja para o segmento do seu negócio ou relacionadas a gestão e administração. Procure estar atento e continuar se atualizando para oferecer produtos de qualidade e uma melhor experiência de compra aos clientes.

13. Dê mimos aos clientes

A verdade é que todo mundo adora receber brindes e mimos. Além de ser uma forma de aproximar-se do cliente, é um meio de agregar ainda mais valor nas compras feitas em sua loja. 

Acredite, um mimo nem sempre é sinônimo de algo grandioso e caro. Por vezes, coisas simples fazem a diferença, como uma cartinha, docinhos ou, até mesmo, uma amostra de algum produto. 

A depender do valor da compra, você pode experimentar dar algo mais atraente. Por exemplo, se você trabalha com meias de marcas renomadas, que tal deixar um par delas junto aos produtos do cliente?

Outra estratégia que surpreende é o famoso unboxing, ou seja, o momento de abrir o produto. Isso funciona muito bem para vendas online e nada mais é do que caprichar na embalagem com a inclusão de mimos. 

Esse pequeno capricho faz toda a diferença e, consequentemente, contribui para que o cliente queira compartilhar nas redes sociais e divulgar de forma orgânica o seu negócio.

Mulher negra fazendo unboxing em uma sala
Não sabe como vender mais em janeiro? Uma boa dica é ser caprichoso com as embalagens e mimos.

14. Crie kits de produtos

Já pensou em tentar unir dois produtos diferentes em um único kit? Essa é uma boa forma de vender calçados parados e agregar valor para o cliente. É claro que, de alguma forma, os itens escolhidos devem fazer sentido entre si. 

Por exemplo, aproveite a sazonalidade do começo do ano e o fato de que muitas pessoas usam esse momento para viajar e venda kits que combinam com a ocasião. 

Se o seu cliente vai para a praia, que tal chinelos e sandálias? Ou, se vai para uma cidade com diversos museus, que tal um tênis confortável e um par de meias de qualidade? São apenas ideias, o certo é estudar a necessidade do seu consumidor

15. Não se desespere!

Muitos comerciantes iniciam o ano buscando resultados imediatos e acabam frustrados com os números alcançados. Entretanto, não há por que se desesperar! Comece a implementar estratégias na sua loja, e os resultados virão naturalmente.

Sempre que trabalhar com metas, busque fazer projeções pessimistas, ou você se frustrará com facilidade. Caso a estratégia não esteja funcionando, vá mudando e adaptando de forma que fique mais próxima da realidade.

16. Reative antigos clientes

Um dos grandes erros de alguns negócios é preocupar-se apenas em adquirir novos clientes e esquecer-se daqueles que sempre compram com você. A verdade é que essa relação deve ser gerenciada com carinho e atenção, especialmente porque é mais barato manter consumidores do que buscar por novos.

Ofereça descontos exclusivos aos seus melhores clientes.

Manter contato com antigos clientes por meio de mensagens e e-mails é uma boa alternativa. Avise quando houver novos produtos ou quando entrar uma promoção. 

Além dessas ocasiões, é fundamental lembrar-se do consumidor em outros momentos, como aniversário e datas comemorativas importantes, para que essa relação torne-se ainda mais genuína. 

Para os clientes que não compram com você há muito tempo, lembre-se de mandar mensagens simpáticas e convidá-los a ir visitar a loja. Como incentivo, vale a pena dar um cupom de desconto exclusivo, o que fará com que ele se sinta especial — além disso, é um ótimo gatilho. 

17. Conheça o seu público-alvo

Quando o assunto é estratégias para aumentar as vendas, conhecer o público-alvo é uma pauta crucial. Afinal, como fechar mais negócios quando não se tem ideia de quem é o seu cliente ideal?

Quem trabalha no dia a dia da loja tem uma boa ideia de quem são as pessoas que passam por lá. Por isso, chame os seus vendedores para participar de uma reunião para ajudar a traçar o perfil do seu público. 

As redes sociais também são boas aliadas, já que elas apresentam dados de quem são as pessoas que engajam nas suas publicações — mas isso apenas se você tiver uma conta comercial, lembre-se! 

Recolher o máximo possível de informações, seja com ajuda das ferramentas digitais ou com a experiência dos seus vendedores, faz toda a diferença na hora de pensar estratégias, promoções, posicionamento da loja e comunicação. 

18. Flexibilize os pagamentos

Ter diversas opções de pagamentos disponíveis em sua loja de calçados faz a diferença, afinal, essa é uma forma de tornar os produtos mais acessíveis em relação à realidade do seu cliente. 

Não há dúvidas de que muitos negócios perdem vendas justamente por não aceitarem o pagamento que o cliente tem a oferecer. Por isso, é importante estudar como expandir essas oportunidades de venda e trazê-las para a loja.

Especialmente para quem quer vender online, lembre-se que é preciso pensar em tudo. Nem todos os clientes trabalham com cartão e, portanto, vale pesquisar alternativas que deixem o processo mais prático. 

19. Converse com os melhores clientes

Essa é uma velha estratégia do comércio, porém que raramente falha. Ligue para os clientes com maior recorrência de compra no seu negócio e avise sobre os novos produtos que chegaram à loja e sobre as promoções que eles poderão aproveitar.

Se possível, ofereça um desconto exclusivo, como gratidão pelo longo tempo de confiança, e também como forma de fazê-lo voltar à loja.

20. Abasteça o estoque

É impossível ter uma estratégia para aumentar as vendas se seu estoque não estiver preparado. Por isso, com antecedência, não se esqueça de fazer o pedido de novos produtos.

Lembre-se de calcular a quantidade de produtos necessários observando o que você ainda tem em estoque e os itens que têm mais saída na sua loja. Se você estiver bem preparado, sairá à frente da concorrência!

Na Wilson Atacado você encontra centenas de produtos de grandes marcas do mercado, como Havaianas, Ferracini, Moleca e Olympikus, para se preparar para aumentar as vendas no começo do ano. Clique no banner abaixo para conferir!

 

Distribuidora Wilson143 Posts

A Distribuidora Wilson atua no ramo de atacado calçadista, levando aos clientes marcas renomadas como Ipanema, Havaianas, Moleca, Dakota e outras.

0 Comentários

Deixe um Comentário

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password